quarta-feira, 22 de junho de 2011

Venda-me os olhos... Aguça-me os sentidos...


Venda-me os olhos para que te veja com as mãos
Tacteio no escuro…
Procuro-te
Pressinto-te
Agarro-te
Sinto-te
Sinto o teu toque
O teu cheiro
A tua respiração
Percorres meu corpo
Poro por poro
Milímetro por milímetro
Tacto no tacto
Desfrutando do prazer da Descoberta
Entrega-te á luxúria
O tempo é nosso
Sem pressas
Afundo-me nos teus braços
Bebo das saudades que me assolam a alma
Das palavras que me sussuras
Alimento a minha sede de amar....
Não me consigo definir
Mas sei onde me quero perder para me poder reencontrar...

1 comentário: